Seguidores

terça-feira, 17 de junho de 2008

HAIKU OU HAICAIS


haiku

Poema curto de 17 sílabas, dividido em 3 versos, o haiku tem na natureza sua fonte de inspiração. Para o japonês, muito mais do que arte, o haiku é quase uma necessidade espiritual. Quem comenta isso é Goehei Kogure, fundador e presidente da Associação Internacional de Haiku, uma das mais importantes do mundo, e conselheiro da Dentsu, a maior agência de publicidade do país.
Masuda Goga, um dos mais importantes haicaístas do Brasil e dedicado orientador, principalmente dos jovens interessados em praticar esse poema em língua portuguesa, explica que durante os séculos 15 e 16 surgiu no Japão o haikai-no-renga (atualmente se chama renku, os "haicais encadeados", em português), passatempo literário em que um poeta recitava um poema de três versos, respectivamente 5-7-5 sílabas, e era seguido por um outro poeta que recitava 2 versos, de 7-7 sílabas. Essa primeira parte do renku, chamado hokku, sobreviveu até essa data de forma independente, dando origem ao haiku, como foi denominado pelo mestre Massaoka Shiki (1869-1902).

O haiku, que em português é chamado de haicai, além da concisão das 17 sílabas, ou melhor, sons, distribuídos em três versos (5-7-5), não tem rima nem título e geralmente usa como tema a estação do ano (kigo). O kigo é a palavra que representa uma das quatro estações: primavera, verão, outono e inverno. Por exemplo: ipê (flor da primavera), calor (fenômeno ambiental do verão), libélula (inseto de outono) e festa junina (evento de inverno).

Fonte: Federação Japonesa no Brasil

Um comentário:

SEXYSTAR disse...

Very lovely shot!
Lovely!!!